Secretária de justiça Etelvina Rocha solicita com urgência à PGE que afaste Daihane Gomes do entorno das unidades prisionais

Etelvina Rocha solicitou com urgência o afastamento da presidente do Singeperon, do entorno das unidades prisionais.

1
1820

A secretária da Secretaria de Estado da Justiça – Sejus, Etelvina Rocha, solicitou via Ofício nº 703/2019/SEJUS-GAB, à procuradoria geral do Estado/PGE/RO, que afaste a presidente do Singeperon Daihane Gomes, do entorno das Unidades Prisionais, estipulando perímetro de segurança a ser cumprido.

A secretária alega que, a presidente se encontra no entorno das Unidades Prisionais de Porto Velho, causando tumulto e instigando o movimento grevista considerado ilegal.

O Singeperon lamenta a atitude da secretária Etelvina Rocha, que se diz da categoria e mesmo sendo agente penitenciária, está indo contra os próprios colegas de farda.

Conforme nota publicada no site oficial do Singeperon, os agentes penitenciários deliberaram que irão realizar a Operação Padrão, cumprindo as normas vigentes em vigor, cumprindo a própria portaria 2069/SEJUS, que normatiza sobre os procedimentos de segurança.

Em nenhum momento o Sindicato juntamente com os servidores desobedeceram a decisão judicial, a estrita legalidade será observada e nenhuma norma ou decisão judicial será descumprida.

Acompanhe o vídeo abaixo da presidente do Singeperon juntamente com o representante da OAB e Deputado Jesuíno Boabaid, falando sobre a operação padrão dos agentes penitenciários de Rondônia.

Número do processo no SEI