Suspeito de matar médico espancado se entrega em delegacia e faz declarações difamatórias

Dr. Roberval foi brutalmente agredido no dia 14 dezembro do ano passado após sair de seu expediente no distrito de União Bandeirantes.

0
350

Romário Pereira, 25 anos, se apresentou na manhã desta sexta-feira (04), na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida – DECCV, consta contra ele um mandado de prisão preventiva da morte do médico Roberval Ferreira Lima, 51 anos.

A vítima foi brutalmente agredida no dia 14 dezembro do ano passado após sair de seu expediente no distrito de União Bandeirantes, em Porto Velho. O médico foi socorrido ao Hospital João Paulo II e morreu após alguns dias.

O suspeito se apresentou na delegacia acompanhado de um advogado, ele disse para os agentes que praticou o crime pois o médico não havia cumprido o pagamento para manter relação sexual com o suspeito.

Roberval era muito querido pelos profissionais da área da saúde e servidores do Sistema Penitenciário, exercia um excelente trabalho e tinha um grande reconhecimento, por isso, toda e qualquer afirmação requer cautela, pois a vítima não está viva para apresentar sua versão.

O Singeperon repudia a ação tomada por esse indivíduo, que além de cometer um crime brutal contra a vida do Dr. Roberval, ainda quer denegrir a imagem do profissional, os fatos precisam ser apurados minuciosamente.

 

Fonte: Com informações do Diário da Amazônia