Singeperon se reúne com a secretária da Sejus Etelvina Rocha

0
1585

Na tarde desta quinta-feira (10), a diretoria do Singeperon esteve reunida com os novos representantes do governo e com a Secretária Etelvina, titular da SEJUS, para apresentar pautas emergências e cobrar a implantação do realinhamento salarial da categoria.

Daihane Gomes, presidente do SINGEPERON, lembrou que protocolou em 03 de janeiro, primeiro dia útil do ano de 2019, ofício informando aos novos integrantes do governo sobre o acordo homologado judicialmente e os prazos a serem cumpridos pelo Estado na ação de dissídio coletivo de greve. Assim, mesmo havendo transição, antes de qualquer decisão ou procedimento o Governo estaria informado pelo Sindicato de todos os termos do acordo homologado na justiça.

A Secretária da SEJUS, Etelvina, desconsiderando o fato de também ser agente Penitenciario e de ter conhecimento do realinhamento salarial tão estudado, divulgado e esperado, protelou para o dia 10 a agenda solicitada pelo sindicato, não priorizando sua classe, e espantosamente durante a reunião alegou desconhecer completamente o processo de realinhamento, solicitando prazo de 5 meses para uma simples análise.

Ainda durante a reunião na SEJUS a presidente Daihane ressaltou que a proposta de realinhamento salarial foi apresentada pelo Governo, aceita pela categoria em assembleia geral extraordinária e homologada pelo Tribunal de Justiça e que portanto não há que se discutir prazos e sim cumpri-los.

Sorrateiramente, enquanto as discussões ocorriam na SEJUS com a presença dos representantes da SEPOG, o governador Marcos Rocha, de seu gabinete, assinou a Lei do orçamento de 2019, entretanto VETOU a parte reservada ao realinhamento salarial dos agentes penitenciários.

O SINGEPERON lembrou ao governo que a categoria deliberou ESTADO DE GREVE, e que o descumprimento do acordo levaria ao início do movimento grevista.

Portanto, caso o Governo Marcos Rocha faça a publicação da Lei Orçamentária sem a garantia do realinhamento salarial, o SINGEPERON informará a todos os agentes os próximos passos e o início da Greve.