Singeperon reitera solicitação com urgência para fiscalização das instalações do Ênio Pinheiro

0
135

Nesta quarta-feira (10), o Singeperon protocolou ofício junto ao Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, solicitando com urgência avaliação e fiscalização e uma possível interdição do presídio Ênio Pinheiro de Porto Velho.

O Singeperon considerou as condições precárias das instalações elétricas e estruturais do presídio, colocando em risco a vida dos servidores e apenados.

O Singeperon destacou diversas rachaduras nos pilares que possivelmente compromete a estrutura da unidade, tendo em vista que a estrutura é antiga e já passou por diversas rebeliões e incêndios. Salientou que o presídio foi a primeira unidade prisional do Estado de Rondônia, construída na década de 80.

Confira na íntegra o ofício