SINGEPERON pede explicações do Coordenador da SEJUS sobre relotação de servidora

0
782

O SINGEPERON protocolou ofício de n° 195/2019, ao Coordenador Geral do Sistema Penitenciário de Rondônia, Sr. Célio Luiz de Lima, requerendo a motivação e relotação de uma servidora do Presídio Feminino para o Centro de Ressocialização de Ariquemes.

A servidora foi posta a disposição pelo diretor geral da unidade no dia 02/09/2019, quando estava lotada na Casa do Albergado e Presídio Feminino de Ariquemes.

O SINGEPERON frisa que, na referida unidade possui um déficit de servidores ainda maior por se tratar de um presídio feminino, dessa forma, não sendo compreensível ou justificável a relotação da servidora.

Além disso, aonde ela foi relotada, no Centro de Ressocialização, atende exclusivamente apenados do sexo masculino, não existindo razão de relotação ou até mesmo desperdício de uma agente penitenciária feminina, pois fará falta no presídio feminino.

Finaliza expondo que, não havendo motivação, que seja a mesma reconsiderada, sob pena de caracterizar abuso de autoridade.

Conforme a nova escala feita pelo diretor geral da Casa do Albergado, a vaga da servidora que foi relotada não foi preenchida, ficando apenas uma agente penitenciária para fazer a segurança de 49 (quarenta e nove) detentas.

Confira a íntegra do ofício