SEJUS pede interdição total do presídio Ênio Pinheiro

0
216

Conforme ofício N° 4259/2019SEJUS-COGESPEN, do Coordenador Geral do Sistema Penitenciário de Rondônia, Sr. Célio Luiz de Lima, enviado ao Juiz Titular da 1° Vara de Execuções e Contravenções Penais da Comarca de Porto Velho, Bruno Sérgio de Menezes Darwich, o Coordenador informou ao Juiz sobre a transferência de presos do presídio Ênio Pinheiro e interdição da unidade prisional.

No ofício, o Coordenador disse que a interdição das torres acabaram deixando os apenados, de certo modo, prejudicados, bem como a segurança prisional fragilizada e deixam de estar sob o monitoramento visual dos agentes penitenciários. A título de informação, disse que com a interdição das guaritas, os apenados passaram a estar veneráveis, inclusive, entre si, uma vez que nos intramuros da unidade existem diversas facções criminosas.

Ainda conforme o ofício, a SEJUS decidiu transferir todos os apenados às outras unidades prisionais compatíveis com seus regimes penais. Informou que na data do 11/04/2019, será realizada a transferência dos demais apenados a outros estabelecimentos penais, de modo que a previsão é que nesta data será procedida a desativação da unidade prisional por completo.

Singeperon já havia pedido interdição do Ênio Pinheiro

O Singeperon já havia notificado os órgãos competentes responsáveis sobre o caos e abandono do presídio, inclusive com toda sua estrutura comprometida, o Sindicato encaminhou ofícios relatando e pedindo providências do Ministério Público, Sejus e solicitou vistoria do Corpo de Bombeiros. O Singeperon também havia pedido a interdição total do presídio.

Confira detalhes sobre a precariedade do presídio na matéria abaixo

NOTA: Precariedades do presídio Ênio Pinheiro é alarmante

Nesta quarta-feira (10), o Singeperon reiterou e protocolou ofício junto ao Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, solicitando com urgência avaliação e fiscalização e uma possível interdição do presídio Ênio Pinheiro de Porto Velho.

Veja a matéria completa abaixo

Singeperon reitera solicitação com urgência para fiscalização das instalações do Ênio Pinheiro

 

Confira fotos do momento em que o Grupo de Ações Penitenciárias Especiais (GAPE), estava transferindo os apenados.