Nota sobre a matéria tendenciosa que difama e imputa crimes aos agentes penitenciários

0
204

Foi publicado uma matéria irresponsável e tendenciosa pelo site Hora1Rondonia, editada pelo Sr. Cleidson Felix, intitulada como: “FACILITAÇÃO: Nova fuga é registrada em massa em presídio da capital alerta população portovelhense para outras.”

O Singeperon vem a público repudiar veementemente esse tipo de matéria que só tem o intuito de denegrir a imagem dos heróis que são os agentes penitenciários de Rondônia.

O Sr. Cleidson Felix, editor da matéria, disse apenas o que ele acha, sem conhecer ou buscar conhecer a grande realidade do Sistema Penitenciário de Rondônia, agindo de forma irresponsável e despreparada, antiético e sem buscar informações dos responsáveis que conhecem a realidade dos presídios.

É lamentável essa atitude, não queremos acreditar que existe outras pessoas por trás dessa matéria tendenciosa, a qual apresentou claramente que a intenção é jogar a sociedade contra os agentes penitenciários.

Como pode uma pessoa que se diz jornalista afirmar com falsa convicção que esteja havendo facilitação de fuga? Além de difamar uma classe honesta e trabalhadora, imputou crime aos servidores tipificado no art. 351 do Código Penal, em outras palavras, diz que os servidores são corruptos, tudo isso sem nenhuma prova.

Acusações graves do “jornalista” contra a categoria dos agentes penitenciários.

O Sr. Cleidson Felix, afirma ainda em um trecho que, “Um mistério está fácil de se descobrir, com relação as fugas constantes de presos dos presídios de Porto Velho.” Veja em outro trecho a irresponsabilidade, desconhecimento e falta de caráter do Sr. Cleidson Felix. “ A Polícia Militar chegou a assumir a guarda dos presídios, porém os agentes realizaram a “operação padrão” onde ficaram de prontidão do lado de fora do complexo penitenciário. Desde então as fugas em massa virou rotina, bem como a entrada de drogas e celulares”, dando a entender que está havendo uma facilitação dos servidores públicos na entrada de objetos ilícitos e fuga de apenados.”

Das fugas constantes

Vale lembrar não só apenas para o desinformado do Sr. Cleidson Felix, mas também para toda sociedade em geral que, os agentes penitenciários, assim como o SINGEPERON, sempre mostrou a triste realidade do Sistema Penal e sempre tem cobrado do Estado para que se resolva o caos, exigindo a responsabilidade por parte do governo, no intuito de se resolver as problemáticas.

Se fôssemos descrever tudo aquilo que foi cobrado em busca de soluções, são tantas denúncias e cobranças ao governo para que ele faça sua parte, os agentes penitenciários estão fazendo a parte deles, resta o governo cumprir a sua. Abaixo relacionamos algumas das matérias que trata sobre isso.

Agente Penitenciária intercepta drogas e celulares no presídio de Ji-Paraná

Singeperon participa de debate sobre a segurança externa das unidades prisionais

Singeperon reitera solicitação com urgência para fiscalização das instalações do Ênio Pinheiro

Singeperon requer audiência pública para soluções definitivas na segurança externa dos presídios

Singeperon informa ao diretor do presídio Ênio Pinheiro sobre risco iminente das guaritas

SUCATEADA: Base da PM que fica atrás dos presídios Urso Panda e Ênio Pinheiro está abandonada

Fuga iminente: Guaritas abandonadas de presídios podem gerar perdas irreparáveis

O SINGEPERON esclarece a toda sociedade que os agentes penitenciários de Rondônia vêm realizando um árduo trabalho e mesmo sem serem reconhecidos, não deixam de exercerem suas funções dentro da legalidade, ainda que sem as mínimas condições estruturais e de pessoal, realizam um belo trabalho para que tudo ocorra dentro das normalidades e quem conhece a realidade do sistema prisional sabe disso, sabe também que esses heróis levam o sistema nas “costas,” mesmo sendo perseguidos e muitas vezes discriminados pelo próprio governo, mas não baixam a cabeça e seguem em frente, realizando sua missão de proteger a Sociedade Rondoniense, mesmo sem as mínimas condições para realizar o trabalho.

Por fim e após os esclarecimentos acima, o SINGEPERON espera que o dito Jornalista, antes de editar qualquer matéria tenha a responsabilidade com os servidores e com a sociedade de buscar a verdade dos fatos, a realidade do sistema prisional e o trabalho realizado pelos agentes penitenciários.