Nota: Singeperon não compactua com crimes e repudia ação de policiais

0
1285

O Singeperon vem a público repudiar a conduta dos policiais militares, que em vídeo gravado no interior da central de Polícia, tenta desmoralizar a classe dos agentes penitenciários de Rondônia, que em sua maioria são pais e mães de família honestas que desenvolvem um árduo trabalho, mesmo nas diversas circunstâncias de perigo nas unidades prisionais do Estado.

O Sindicato também repudia qualquer ação criminosa, seja quem for, mas vem em defesa dos agentes penitenciários que se sentiram menosprezados diante da conduta de alguns policiais.

Esta instituição não está solidária e nem conivente com atos ilícitos praticados pelo servidor referido no vídeo, que existem os meios ao qual o mesmo irá passar sofrendo as consequências de seus atos.

Vale lembrar que, em todas as instituições existem os maus profissionais, tanto na Polícia Militar, Civil dentre outras, desta forma, não é conveniente que culpem toda uma classe trabalhadora por conta de um, pois cada um responde pelo seus atos. O Sindicato entende que, se existe um processo transitado e julgado, o Estado tem que fazer a parte dele, o que não pode é toda uma instituição ser vinculada a um ato de uma pessoa.

De modo algum, os agentes penitenciários andam denegrindo ou desmoralizando a honrada polícia militar de Rondônia, não andam fazendo vídeos e expondo os policiais presos que chegam nas unidades prisionais por praticarem variados crimes.

O Singeperon respeita todas as instituições, sendo assim, acha desnecessário a forma de como os policiais agiram, em filmar o servidor e querer imputar um cargo de servidor público a uma pessoa que não condiz com a valorosa profissão dos agentes penitenciários de Rondônia.