Deputado Anderson inicia mandato com homenagem a servidores e críticas aos sistemas penitenciário e socioeducativo

0
459

“Estou aqui para ser a voz de vocês neste parlamento”. Foi assim que o deputado Anderson Pereira (Pros) se referiu a todos os trabalhadores de Rondônia e, principalmente, aos agentes penitenciários e agentes de segurança socioeducativo, por ocasião do seu discurso de posse nesta sexta-feira (1º), na casa de shows Talismã 21, durante a sessão que marcou o início da 10ª legislatura da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia.

“Quero oferecer esse mandato a vocês, à minha família, que é minha base de sustentação, a todos os trabalhadores do Estado, aos meus 11.429 votos, eleitores que me contrataram para estar aqui neste Parlamento por quatro anos”, ressaltou o parlamentar na tribuna.

Anderson reforçou seu compromisso de empreender todos os esforços para bem representar o povo rondoniense. “Com a minha voz nesta tribuna e com minha atuação na sociedade, buscarei com todos os meus esforços bem representá-los, com coerência, transparência, eficiência, respeito e, principalmente, com responsabilidade”, discursou.

O deputado, que é agente penitenciário de carreira, conclamou ainda os seus pares para trabalhar pelo crescimento e desenvolvimento do estado. “Quero pedir aos nossos parlamentares para que juntos possamos trabalhar pelo progresso e crescimento de nosso estado, buscando melhorias para a educação, para a saúde que está precisando de nossa atuação, para a segurança pública, sistema penitenciário e sistema socioeducativo”, registrou.

Antes de encerrar o seu pronunciamento, Anderson Pereira teceu críticas ao sistema penitenciário e socioeducativo vigentes. “A população não aguenta mais esse sistema arcaico, que não recupera o ser humano”, evidenciou ao pedir do público uma salva de palmas aos servidores que estão na luta em busca de valorização e reforçar que está alinhado ao lado deles.

Na eleição para a Mesa Diretora, nos dois biênios, o parlamentar votou favorável para as chapas encabeçadas pelos deputados Laerte Gomes (PSDB) e Alex Redano (PRB).

 

Fonte: ALE/RO – DECOM – Assessoria