Chefe da Casa Civil emite nota mentirosa sobre projeto de lei dos agentes penitenciários

0
1989

O Secretário-Chefe da Casa Civil, Pedro Antônio Pimentel, fez um comunicado oficial à toda sociedade rondoniense sobre o veto do projeto de lei referente aos agentes penitenciários.

Pedro Pimentel diz em seu pronunciamento que o governo vetou o projeto por que traria impactos para o Estado, em 2019 na ordem de 41 milhões e em 2022 em torno de 70 milhões.

Finaliza dizendo que não irá tirar nenhum direito dos agentes penitenciários e muito menos dos apenados, que o governo irá trabalhar com total transparência para atender os anseios da sociedade.

Pois bem, primeiramente o secretário no mínimo deveria falar a verdade para toda sociedade, já que ele diz que o Estado irá trabalhar com total transparência. O governo no intuito de manchar a categoria e jogar a sociedade contra os agentes penitenciários, emite uma nota falando inverdades.

O Singeperon trabalha com a verdade e mostra as provas documentais emitidas pelo próprio governo de Rondônia, provas documentais provando que o secretário diz mentiras em rede Estadual.

O próprio governo de Rondônia levou a proposta para a categoria e aceita em assembleia geral extraordinária. Inclusive o próprio secretário Pedro Antônio Pimentel participou das negociações e os documentos foram assinados por ele, assim como consta nos documentos abaixo.

Por que mentiu senhor secretário? Fale a verdade para toda sociedade, seu governo não é transparente como o senhor diz no vídeo?

Veja os acordos assinados pelo próprio Secretário Pedro Antônio Pimentel.