Agentes Penitenciários descobrem túnel no presídio Agenor Martins de Carvalho

Na tarde desta quinta-feira, agentes penitenciários com apoio do Grupo de Ações Penitenciária Especiais-GAPE, descobriram um túnel.

0
68

Na tarde desta quinta-feira, agentes penitenciários com apoio do Grupo de Ações Penitenciária Especiais-GAPE, descobriram um túnel no pavilhão A do regime fechado do presídio Agenor Martins de Carvalho.

O túnel foi cavado no vaso sanitário o qual eles chamam de “boi”, e escondiam a terra em roupas escondidas embaixo das camas, chamadas de “jega”. A descoberto aconteceu após uma revista surpresa no pavilhão A do regime fechado onde estão 170 presos de alta periculosidade. A cela que o túnel foi descoberto foi a cela 27 onde estavam nove detentos.

De acordo com informações o túnel tinha aproximadamente 2 metros e daria na lateral do presídio em uma chácara. Outras suposições é que os presos poderiam cavar durante a noite de quinta feira e a madrugada de sexta para tentarem fugir na manhã seguinte, já que sexta é dia de visitas.

Os presos da cela 27 ficaram no regime disciplinar diferenciado, regime para os detentos que cometem penalidades dentro do sistema prisional onde ficarão até a apuração do fato.

Fonte: Diário da Amazônia